segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Câmara poderá aprovar projeto que aumenta salário de vereadores e prefeito; nesta terça-feira, Vereador passa de 8mil a receber 10mil

A Câmara Municipal de Vereadores do Município de Buíque, no interior de pernambuco, deve apresentar na manhã desta terça-feira (06) Projeto de Lei que aumenta o Salário dos vereadores que passa de 8 mil reais para 10 mil reais, passando a entrar em vigor a partir de Janeiro de 2017. 


sábado, 3 de dezembro de 2016

Temer deixa Arena Condá sem discursar

Presidente estava com receio de ser vaiado durante a cerimônia


Como já era esperado, o presidente Michel Temer deixou o velório das vítimas do acidente com a delegação do Chapecoense, na Arena Condá, na cidade de Chapecó/SC, sem discursar. 

O presidente aproveitou o momentos que a torcida cantava, a plenos pulmões, "Vamo, Vamo, Chape", para sair do local.
Temendo protestos e vaias, Michel Temer chegou, inclusive, a cogitar não ir ao estádio. Iria apenas à cerimônia militar de recepção dos corpos das vítimas, reservada e marcada para a manhã, no aeroporto municipal. As informações são da Folha de S. Paulo.
A decisão de Temer de não aparecer no velório provocou reações. O pai do zagueiro Filipe, Osmar Machado, por exemplo, disse à ESPN que, "se ele tem dignidade e vergonha na cara, que venha aqui [no velório da arena Condá] cumprimentar as pessoas"
Fonte: Política ao Minuto

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Uma das principais vocações econômicas do estado, o turismo gera emprego e renda em todas as regiões. São praias paradisíacas, de Norte a Sul, monumentos, cidades, calor e frio. Um estado rico que contempla a todos e recebe seus turistas sempre com o maior prazer.




Do Litoral ao Sertão, Pernambuco é só beleza. É o destino certo para quem procura o melhor das riquezas naturais do Nordeste, com um extenso e apreciado litoral de águas mornas e cristalinas. Os cenários convidativos de praias paradisíacas como Tamandaré e Porto de Galinhas são apenas alguns dos inúmeros atrativos se sobressai, ainda, na magnitude e importância histórica de suas tradições culturais, como os festejos carnavalescos e juninos.




Fernando de Noronha

O litoral com cerca de 187 km de extensão, entre praias e falésias, zonas urbanas e locais praticamente intocados, representa o principal atrativo turístico do Estado. Sem falar no belíssimo arquipélago de Fernando de Noronha, frequentado por brasileiros e estrangeiros durante todas as épocas do ano.

Instituto Ricardo Brennand

Pernambuco tem umas das igrejas mais antigas do Brasil, localizada no município de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. A igreja dedicada a São Cosme e Damião, que data de 1535, faz parte de um Centro Histórico com 396 m² tombados pelo IPHAN. Um dos mais antigos e bem conservados conjuntos arquitetônicos, civil e religioso do Estado.

Ainda na Região Metropolitana do Recife as atrações são inúmeras. O Recife Antigo, bairro mais tradicional da capital pernambucana, polo cultural e de animação, é ponto de visitação imperdível para o turista. São bares, restaurantes, boates, feirinha de artesanato, além do marco zero da cidade e da primeira sinagoga das Américas, a Kahal Zur Israel, construída em 1637 por judeus que vieram de Amsterdã para viver no Recife. A capital do Estado também se destaca pelo pioneirismo na cinematografia e por ser berço de talentos criativos e empreendedores e todos os anos a cidade do Recife se transforma no palco do cinema nacional. No CINE PE são exibidos os melhores filmes brasileiros da temporada e estão presentes cineastas que fizeram nome no cinema nacional, assim como jovens realizadores, produtores, atores e atrizes, uma vitrine da sétima arte que já entrou no calendário nacional.

Oficina de Francisco Brennand

O Sítio Histórico de Olinda é uma atração à parte para os sedentos de cultura. Um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos do país, Olinda recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Unesco, e de primeira capital brasileira da cultura. Os antigos casarios e as charmosas ladeiras contribuem para o charme da cidade, que também é palco de uma das festas mais populares do Brasil: o Carnaval.

No Agreste pernambucano está o paraíso dos esportes radicais. Bonito, com oito quedas d’água que variam de 2 a 30 metros de altura, proporciona aos aventureiros, trilhas, arvorismos, trekkings e rapéis de tirar o fôlego. Formadas pelas águas do Rio Verdinho e riacho Águas Vermelhas, as cachoeiras de Bonito compõem uma das mais belas paisagens do Estado.

Também no agreste pernambucano um dos atrativos é o clima. A cidade de Gravatá, a 80 km do Recife, está a uma altitude de 447 metros. Nos meses de junho e julho, as baixas temperaturas, as atividades que caracterizam a vida no campo e a gastronomia local atraem milhares de visitantes. Nas cidades de maior altitude, no chamado Planalto da Borborema, o frio inspirou eventos culturais como o Festival de Inverno de Garanhuns. O município, a 230 km do Recife, sedia há mais de vinte anos um dos maiores festivais de música do estado.

Gastronomia pernambucana

O sertão do estado também tem um sítio de clima diferenciado. A 1.004 metros de altitude fica a cidade de Triunfo, a mais alta do território pernambucano, onde todos os anos acontece a Festa do Estudante, com grupos de teatro de dança, e o Festival de Cinema, no Cine Teatro Guarany, um prédio tombado pelo patrimônio histórico.

Pernambuco tem ainda a Feira de Caruaru, a maior feira livre do mundo, considerada patrimônio imaterial do Brasil pelo IPHAN; o Teatro de Nova Jerusalém, o maior teatro ao ar livre do mundo onde, todos os anos, é encenado o espetáculo da Paixão de Cristo; o Parque Nacional da Serra do Catimbau, entre o Agreste e o Sertão pernambucano, formado por um complexo de serras, vales e rochas sedimentares, distribuídos em 90 mil hectares, que impressiona pela grandiosidade e primitivismo; a Serra Negra, em Bezerros, situada em uma altitude de 960 metros com temperatura de até 9º C, cercada por uma reserva ecológica, que faz da sua beleza um cenário para cartão postal; o Vale do São Francisco, com suas dezenas de vinícolas, local ideal para os amantes de um bom vinho.

Pernambuco está sempre de braços abertos para receber os turistas. Além da riqueza natural, dispõe de moderna e capacitada rede hoteleira. Sem falar na hospitalidade sem igual do povo pernambucano.

ACESSE TURISMO EM PERNAMBUCO

Cultura

Cultura

Danças

Esses ritmos pernambucanos  estão sempre aliados a uma dança ou ritual e representavam na sua origem crenças, credos e o imaginário das raças que os praticavam. Entre elas temos : 


O FREVO: O frevo, musicalmente, surgiu da combinação de vários RITMOS como maxixe, o tango brasileiro, a quadrilha, o galope e, mais particularmente, o dobrado e a polca-marcha. O termo frevo é uma derivação do verbo ferver . Em 2007, o frevo completou cem anos, e foi declarado patrimônio nacional imaterial.


O CABOCLINHO: De origem indígena,é bastante tradicional em Pernambuco. Talvez o ritmo mais antigo do Brasil,pois eu primeiro registro foi feito em 1584. A dança representa batalhas,caçadas e colheitas com músicas leves e ligeiras que soam ao som dos reco-recos,pífanos e ganzás. Sem falar das coreografias que são muito ricas e exigem muita desenvoltura e agilidade.




O MARACATU RURAL: Muito popular,de origem indígena,nasceu nos canaviais na zona da mata norte de Pernambuco no século XX. A dança mostra a saga dos plantadores de cana-de-açúcar,os guerreiros do canavial. Antes de saírem para dançar,os cablocos bebem o azougue,um coquetel,que mistura pólvora,limão e cachaça que serve para dar animação e força para carregarem por horas as fantasias que chegama a pesar 40 quilos.




O PASTORIL: Originado em Portugal,é uma mistura de dança com teatro e retrata o nascimento de Jesus Cristo por isso é mais visto sendo apresentado no período natalino. A coreografia é feita por dois grupos de meninas,um simbolizado com cordão azul e o outro com cordão vermelho,elas cantam e dançam fazendo homenagem ao menino Jesus,e ao centro tem a Diana que modera a disputa entre os dois grupos.



A CIRANDA: Tem origem nas danças infantis portuguesas,e foi em Goiana,zona da mata norte de Pernambuco,que a ciranda deu início no Brasil.A coreografia é feita com todos os participantes de mãos dadas,formando um círculo,cujo movimentos simulam as ondas do mar. Eles são acompanhados pelo "puxador" que canta os versos e por uma pequena orquestra.


O COCO: Dança de origem africana,que recebeu esse nome por causa do ato dos escravos que quebravam o coco com pedras,cantarolando enquanto faziam suas tarefas.  A coreografia é feita por homens e mulheres que formam uma roda e dançam batendo os pés e as mãos.




Comidas Típicas

A culinária pernambucana sofreu influências dos africanos, dos indígenas e dos portugueses colonizadores. Estes deixaram para trás muita coisa, como o gosto pela pimenta, azeite-de-dendê, coco, aproveitamento de cereais e raízes e o preparo de cozidos e caldos.
As famílias do litoral comem mais pratos com peixes e frutos do mar, já as do interior, carne de sol e de bode. As delícias com frutos do mar são regadas de lagosta, camarão, marisco, caranguejo, siri, sururu, polvo, ostra e muitos tipos de peixes. Como petiscos, pode apostar em caldinhos de peixe, casquinha de caranguejo e a ouriçada. Com esses frutos do mar, dá pra preparar receitas diferentes e gostosas com vários ingredientes saborosos, como o leite de coco, azeite-de-dendê, cebola, tomate, pimentão e muitos outros. O acompanhamento mais comum de receitas como moqueca e peixada é o pirão


Os pratos típicos são a galinha de cabidela, arrumadinho,  baião-de-dois, dobradinha, carne de sol com manteiga de garrafa, chambaril, charque, mão de vaca, buchada de bode ou carneiro, feijoada, sarapatel, maxixada e rabada. Acompanhamento? Que tal um arroz mexido, cuscuz de milho (ou mandioca), inhame, macazeira, jerimum, xerém e farofas de cuscuz ou de queijo.



A tapioca, digamos, está para Pernambuco como o acarajé está para a Bahia. É um ícone, um dos principais símbolos da cultura local. Principalmente na cidade de Olinda, 1ª Capital Brasileira da Cultura, onde em seu sítio histórico abriga a maior concentração de tapioqueiras do Estado, cerca de 42, que preparam diariamente a tradicionalíssima iguaria à base de massa de mandioca seca, atrativo obrigatório para pernambucanos e turistas.

Esporte

Esporte

11 Dicas para ser bom jogador futebol (foco na Copa do Mundo)


As dicas abaixo são as dicas do Raí, jogador do São Paulo e da seleção brasileira, escreveu em seu livro "Para ser jogador de futebol, Dicas de um campeão para você se tornar um jogador profissional de sucesso" traduz muito bem tudo aquilo a que o livro se propõe.

As dicas são:
  • Treinar, treinar e treinar.
  • Lealdade: quem é leal no futebol tem respeito permanente.
  • Não se achar melhor do que os outros, mesmo que você seja.
  • Sempre respeitar o adversário e a torcida adversária.
  • Não temer situações adversas. Jogos duros e decisivos fazem parte da profissão. E aí que está a diferença entre um bom jogador e um jogador fora de série.
  • Não revidar. Nunca.
  • Focar 100% no jogo.
  • Nunca, em nenhuma circunstância, achar que ganhou o jogo antes do apito final.
  • Respeitar a hierarquia do clube, do qual o jogador é apenas um funcionário.
  • Saber lidar com as críticas que certamente virão.
  • Entender a torcida e que o futebol mexe com paixões, ou seja, não é, para a torcida, uma coisa racional.
O livro também trata com profundidade e objetividade questões fundamentais para aqueles que têm interesse na profissão:

  • Como escolher a melhor posição;
  • A importância de continuar os estudos;
  • O que os pais devem saber para melhor orientar seus filhos;
  • Como se comportar frente às portas de entrada no mercado;
  • O papel dos empresários e agentes;
  • Como lidar com contratos;
  • Os principais pontos da legislação;
  • Os sindicatos;
  • Como viver de futebol sem jogar bola.
Todas estas dicas e informações servem para todas as áreas e não apenas para jogadores de futebol.

Ainda não li o livro, mas este ano vou ler e ai posso comentar com maiores detalhes.

Este post foi baseado no site da Editora Jaboticaba.

Como ser um bom Atacante de Futebol


Esse é um guia rápido de como se tornar um bom atacante de futebol. No futebol, o atacante joga na frente, e é responsável pela maioria dos gols marcados pela equipe. Outra coisa importante é saber como criar situações com boa chance de gol. Para ser um bom atacante, você precisa ter muitos elementos em seu jogo. Normalmente, uma grande responsabilidade é colocada em cima dos atacantes, e isso de certa forma é um indicativo de um dos motivos pelos quais eles recebem melhor salário que nas outras posições, profissionalmente. Os passos a seguir pressupõem que você conhece as habilidades básicas do futebol e está pronto para aprimorar a sua forma de jogar como um bom atacante.

PASSOS



1
Domine o toque de bola. Mesmo os melhores jogadores do mundo trabalham em cima de seu "toque de bola" de forma consistente. Ele define sua percepção da bola e sua habilidade em controlá-la com toques rápidos e de primeira. Para começar a trabalhar em outros aspectos do esporte, você precisa primeiramente ter um ótimo toque de primeira. Para treinar individualmente, chutar a bola repetidamente contra uma parede e controlá-la (apesar de simples) é extremamente eficaz. Porém, brincadeiras com pouca posse de bola - como, por exemplo, 2 contra 2, 4 contra 4 e até 1 contra 1, com cones formando as traves e usando uma regra de "2 toques" - são o treinamento ideal. Em jogos com baixa posse de bola, seja o mais criativo que você puder. Mesmo que tenha medo de parecer bobo demais, seja criativo assim mesmo. A criatividade é um ponto chave do jogo de um atacante. Para ter criatividade e ser eficaz, você precisa de constante movimentação entre os seus companheiros de equipe.

.2
Aprenda a movimentação. Você vai precisar estar sempre na ponta dos pés, melhorando assim sua velocidade, força e agilidade. Como um atacante, é crucial se manter sempre em movimento (em direções diferentes). Você precisa incomodar e confundir a defesa adversária. Da próxima vez que você for jogar de costas para o gol, experimente correr em círculos em volta de alguns zagueiros antes de partir pro ataque ou confira como eles estão posicionados antes de receber a bola e segurá-la. Não seja um jogador fácil de ser marcado, pois isso lhe deixará menos tempo com a bola. A regra número um é não correr em linha reta, mas em curvas e zigue-zagues. Isso também vai permitir que você ultrapasse até as melhores armadilhas com a prática.


3
Pratique o chute. A habilidade número um de um atacante. A técnica do chute é uma arte. Pratique contra uma parede, ficando a 5 metros de distância e chutando de leve com a parte de fora do pé. Continue treinando isso, mesmo que pareça um chute "seco" demais e você se sinta estranho por não chutar forte. Depois, se afaste e fique a 15 metros de distância da parede. Chute-a da mesma forma, mas com força, fazendo com que ela mal saia do chão (alguns centímetros), com o máximo de força e precisão que você conseguir. Os erros mais comuns são cruzar uma perna na frente da outra, se inclinando demais e tirando os olhos da bola. Não se engane; cobranças de escanteio e de falta com curva são interessantes, mas os melhores atacantes têm a habilidade de chutar a bola rasteira e com força.


4
Se você acha que já dominou isso, experimente com a bola em movimento e depois de dominá-la. Depois, tente chutá-la de primeira. Consiga alguém para cruzar a bola para você cabecear e não tenha medo. Só vai machucar se você não for com tudo e deixar a bola bater na sua cabeça, e não o contrário. Mantenha o olhar na bola (não feche os olhos!) e mantenha a sua cabeça e corpo atrás da bola. Você comanda a direnção aonde a bola deve ir. Não deixe que ela escape de você.


Finalize bem. Em comparação com o chute, a finalização também é como uma arte. Em situações onde você só tem o goleiro para superar, você precisa pensar rápido, mas de forma calma. Muitos atacantes tentam ir "com tudo" em situações onde é muito mais fácil "colocar" a bola na rede. A única forma de praticar isso é se colocando nessas situações. A prática de jogo é essencial. Um bom toque de bola, mais uma vez, é muito 
importante.


6
Técnicos diferentes consideram coisas diferentes como sendo mais importantes. Porém, estes passos descrevem os itens essenciais. Se dominar esses conceitos completamente, você com certeza irá se tornar um excelente jogador. Mas lembre-se: cada pessoa tem um ponto forte.


7
Trabalhe com seus pontos fortes junto ao time, pois o futebol é um jogo de equipe.



8
Jogo de cintura é essencial. É muito  estiver  cara a cara com um jogador adversário, desviando deles. Para isso, não drible ou desvie como um robô. Faça isso da forma mais natural possível. Se você aprender a se esquivar e driblar de diferentes formas, os zagueiros adversários não vão saber o que esperar.

Dicas de Belezas

CUIDADOS COM A PELE

CINCO ERROS QUE VOCÊ PODE ESTAR COMETENDO

Quando o verão começa a colocar suas manguinhas de fora e as temperaturas nos fazem sentir saudades da praia, da piscina e das férias, alguns mitos da beleza ressurgem no nosso dia a dia. Sim, é quase instantâneo! Como se, no verão, toda mulher tivesse a obrigação de ser magérrima, se depilar toda semana, gostar de se bronzear… esses mitos desviam a nossa atenção dos cuidados de verdade, com aquela beleza saudável que nos faz sentir bem com o nosso corpo, seja verão ou inverno.
Por isso, existem alguns erros que a gente pode acabar cometendo nessa época do ano, especialmente nos cuidados com a pele do rosto. A gente listou cinco erros possíveis e as dicas para você manter a pele linda e livre de manchas, acne, excesso de oleosidade e marcas de expressão durante o ano todo.

1. Se preocupar com os efeitos do sol na pele só no verão.


Vamos combinar: o sol está ali o ano inteirinho. Mas faltando um mês para o verão, o calor começa a aumentar, e a gente passa a lembrar que ele existe. Quem nunca, né? Bem, você sabe, mas não custa relembrar: os dermatologistas recomendam que a gente use protetor solar todos os dias do ano (até os nublados!). Pois fica a dica: redobre os seus cuidados diários com a pele do rosto, que é a que mais está exposta aos raios solares durante o ano e, por isso, mais sujeita ao envelhecimento precoce e às manchas.
Use: Make B. Hidratante Multiprotetor Diurno, que se adapta a todos os tipos de pele, não deixa a pele oleosa, e tem FPS (Fator de Proteção Solar) 50+++. Ele protege a pele de três raios solares que podem danificar a pele: UVA, que provoca o envelhecimento precoce, UVB, que pode causar vermelhidão e queimaduras, e raios Infravermelhos, que fazem a pele perder colágeno e elasticidade.

2. Se expor aos raios solares nos horários não recomendados.


3. Usar o mesmo protetor solar para o rosto e para o corpo.



Os protetores solares específicos para o rosto têm textura mais leve e menos oleosa do que os protetores corporais porque a pele do rosto produz naturalmente mais oleosidade. Por isso, e especialmente se a sua pele for oleosa, evite aplicar qualquer protetor solar no rosto para evitar que ele fique com aquele brilho indesejável.
Use: Cuide-se Bem Protetor Solar Facial FPS 50, que não tem óleo em sua fórmula e contém Vitamina E, antioxidante que previne o envelhecimento precoce da pele.

4. Usar o protetor solar com FPS abaixo do recomendável.


5. Não hidratar a pele para não deixá-la mais oleosa.


Pele oleosa e pele hidratada são coisas bem diferentes: uma é a capacidade natural da pele de produzir gordura, e a outra é a capacidade de reter água, o que evita o ressecamento. A dica para hidratar o rosto sem deixá-lo oleoso é investir em produtos com textura em sérum ou gel, e evitar cremes e loções que não sejam oil free.
Use: Make B. Sérum Anti-idade Diurno, que contém FPS 30, se adapta a todos os tipos de pele, mantém a hidratação e controla a oleosidade. É perfeito para quem tem ruguinhas e marcas de expressão, porque tem efeito lifting e dá um up instantâneo na pele!
Fotos: IStock

PASSO A PASSO DE COMO PINTAR AS UNHAS EM CASA


Há quem diga que fazer as unhas é uma terapia. Outras, nem se arriscam nessa arte que é fazer a manicure em casa. Se você está mais para o segundo grupo, acompanhe o nosso passo a passo para desmistificar esse processo e fazer você perder o medo de pintar as unhas em casa – e de quebra, economizar um pouquinho! 😉

Passo 1 – limpeza geral
Se você precisa tirar o esmalte antes de pintar as suas unhas de novo, lembre-se de lavar as mãos com água e sabonete para remover todo o solvente da acetona ou removedor. Assim, na hora de aplicar o esmalte novo, as chances de ficar perfeito, com uma camada lisinha, aumentam bastante. 😉

Passo 2 – encontrando a sua forma ideal

Sabia que o formato das unhas pode ajudar a “alongar” ou mesmo destacar a aparência das mãos? Estilos que valorizam vão desde um arredondado mais longo ou mesmo curtinho com esmalte nude. Já uma forma muito quadrada pode fazer os dedos parecerem mais curtos. Para quem não tem muita prática, a dica é seguir sua forma natural. Encontre o seu!

 Passo 3 – cutículas: cultive essa nova amizade

Use um produto para amolecer a cutícula e mergulhe as mãos em água morna. Após secar as unhas, empurre as cutículas de forma delicada. Nossa dica é não cortá-las! Por quê? Porque a cutícula é o selo de proteção natural e saúde das unhas.
O melhor é aparar as peles salientes, mas não remover a estrutura. Sendo assim, o melhor é hidratá-las com cremes ou óleos para cutículas a cada dois dias. A melhor opção para deixar as suas unhas sempre saudáveis!

 Passo 4 – hora da esmaltação




Escolha a cor do seu momento e mãos à obra:
#Dica1: Mesmo que você esteja com pressa e queira ficar com as mãos lindas, não deixe de aplicar a base antes do esmalte. A base protege as unhas e não deixa com que o esmalte fique em contato direto com elas. Além disso, melhora a fixação e facilita a aplicação da cor.
#Dica2: A forma como você aplica o esmalte na sua unha, faz toda a diferença no resultado final. O acabamento pode ser prejudicado pela variação das direções na hora da pintura, por excesso e acúmulo de tinta em um só lugar, além de deixar as unhas mais suscetíveis a quebras e descascamentos pela ausência de padrão.
#Dica3: Um dos erros mais comuns ao fazer a unha é exagerar na quantidade do esmalte. Quando você for a sua própria manicure, lembre-se de tirar o excesso do pincel, e só então aplicar na unha. Faça alguns testes para ver qual a quantidade necessária para fazer uma demão. Se precisar, espere secar e passe mais uma camada para fazer a cobertura total da unha. Colocar muito esmalte faz com que o tempo de secagem seja maior, aumentando as chances de ocorrer algum acidente e você ter que começar tudo de novo. E isso ninguém quer, não é? 😉
#Dica4: Para ter o melhor do seu esmalte, é preciso ter alguns cuidados na hora de fazer a manicure. E não é preciso muito não: é só saber esperar. Ok, ok, sabemos que a nossa ansiedade do século XXI não ajuda nesse momento, mas faça um exercício. 😛 Para a pintura perfeita, espere de 1 a 2 minutos entre cada demão. Isso é necessário porque os solventes estão secando nesse meio-tempo, e com o intervalo apropriado, eles mantêm a cor do esmalte por um período maior. Vale a espera! 😉
#Dica5: No final de toda esmaltação, aplique uma cobertura incolor (pode ser um óleo secante ou um extrabrilho) em cima do esmalte colorido. Esse passo é importante para garantir unhas impecáveis por mais tempo. 😉

 Passo 5 – concentração total



Depois de seguir todos esses passos, chegamos ao final, que pode ser o pior para muitas mulheres: limpar os “cantinhos”. Para isso, você vai precisar da ajuda de um palito de madeira, algodão e removedor.
#Dica: Outra forma de limpar os esmaltes residuais é mergulhar uma escova de limpeza no removedor de esmalte e esfregue em volta da unha. Mas isso só quando o esmalte estiver bem sequinho, ok? Melhora o resultado da pintura e faz a manicure durar mais tempo. Não tem uma escovinha? Recorra à tradicional haste flexível! 😉

Passo 6 – esmalte perfeito é esmalte que seca

Você tem o costume de mergulhar as unhas na água fria depois da manicure para secá-las mais rápido? Pois saiba que esse “truque” não passa de ilusão, já que a água apenas dá a impressão de mudar a textura do esmalte. Outra “técnica” sem resultados? Assoprar as unhas. Ao contrário: pode até criar bolhas e prejudicar o resultado! A única maneira mesmo de agilizar o processo é usar sprays específicos para esse fim, já que são projetados para oxidar o esmalte, ok?

Extra, extra! Para quem ama nailart:

Detalhe de glitter nas unhas é uma nail art sofisticada e que está super em alta, certo? Mas na hora de tirar… que complicação! A dica para facilitar a retirada das partículas com brilho é aplicar o removedor de esmalte em um algodão e envolvê-lo em torno das unhas. Enrole em volta um pedaço de papel alumínio, espere um pouquinho e pronto! O glitter vai sair de forma mais simples. 😉
Sentiu mais confiança? Que tal reservar um tempinho do seu dia hoje para praticar? 😉

MAQUIAGEM

COMO AUMENTAR OS CÍLIOS: CINCO DICAS QUE VÃO TRANSFORMAR A SUA MAQUIAGEM

Para o dia, para a noite, para toda hora, não importa: a gente SEMPRE quer cílios longos, bem curvados e volumosos. Os famosos “ciliões”. Ah, e de preferência, naturais também. Porque colocar cílios postiços pode sim ser um drama para muitas de nós ainda. E porque, cada vez mais, a gente quer praticidade: por mais makes feitas em dez minutos e menos feitas em uma hora (pelo menos no dia a dia, né?).

Mas como aumentar os cílios?


Mesmo dispensando o uso dos cílios postiços e de técnicas como o alongamento, é possível conquistar aquele olhar poderoso, e com a maquiagem que você já tem em casa. Se joga nas dicas a seguir e transforme a sua make do dia a dia de vez. 🙂

Adote o curvador de cílios



Se o seu curvador de cílios está em alguma gaveta abandonado, trate de resgatá-lo já! Usar o curvador antes de aplicar a máscara para cílios fez toda a diferença no resultado final da make, porque cílios retos tendem a ficar mais destacados. Aplique-o nos cílios e segure o aparelho de 5 a 10 segundos. Depois, incline-o levemente para cima. Tenha cuidado para não beliscar a pálpebra na hora de prender os fios, ok? 🙂

A forma de aplicar a máscara para cílios faz diferença



A dica para garantir o olhão é fazer um movimento em ziguezague na hora de passar a máscara nos cílios. Assim, ela fixa melhor e os pelinhos não grudam uns nos outros. Aplique a máscara Make B. Efeito Cílios Postiços da raiz dos cílios até as pontas, e de baixo para cima para manter a curvatura.

Fique atenta ao formato das cerdas do aplicador



Cada uma das máscaras para cílios de Make B. possui um aplicador diferente. Isso é porque algumas de nós temos cílios longos mas em menor quantidade, outras cílios mais ralinhos, algumas cílios mais retos, e por aí vai. A dica é escolher o produto que traga o melhor efeito ao seu olhar.
Make B. Máscara Extravolume: Se os seus cílios forem mais ralinhos, a dica é encorpá-los com a máscara extravolume. A aplicação tem que ser em ziguezague para que os fios não grudem.
Make B. Máscara para Cílios Efeito Cílios Postiços: Tem o aplicador perfeito para dar muito volume e manter os fios bem separadinhos.
Make B. Máscara Curvadora: Quem tem cílios retos deve combinar o uso do curvador com muitas camadas dessa máscara, que tem aplicador com cerdas macias para pentear os fios.
Make B. Máscara Alongadora: Com aplicador longo e fininho, essa máscara é perfeita para acertar aqueles pelinhos mais difíceis de alcançar. Aplique delicadamente da raiz às pontas.
Make B. Máscara para Cílios 4 em 1: Sempre bom ter essa máscara em casa para múltiplos efeitos. Além de dar volume, ela alonga, define e dá a curvatura que eles precisam pra você arrasar. <3

Aplique várias camadas de máscara



Esse é um dos grandes segredos de como aumentar os cílios: aplicar várias camadas de máscara. Depois de aplicar a primeira camada e deixar secar, é hora de realçar e alongar os cílios. Com o aplicador apontado para cima, passe o produto do meio para a ponta dos fios, separando-os. Assim, a impressão será de cílios maiores. Tente fazer o movimento delicadamente, para não borrar a make (mas se borrar, é só corrigir com um pouquinho de base em uma haste flexível, sem stress!). 

Já nos cílios inferiores, a dica é usar o aplicador sempre na vertical, passando fio a fio para valorizar o efeito. Dessa forma, você evita que os cílios fiquem grudados ou que a maquiagem borre o rosto. Uma camada de máscara é o suficiente nos cílios de baixo, apenas para realçá-los.

O seu pó facial pode dar aos cílios um efeito incrível




Depois de aplicar duas camadas de máscara, você pode aplicar um pouco de pó compactosobre os cílios com um pincel. É isso mesmo, pó! Esse é um truque muito popular entre as blogueiras de maquiagem e que funciona mesmo: quando você aplica pó sobre os fios, a máscara absorve o produto e os cílios ficam imediatamente mais volumosos. Depois, é só cobrir com mais uma camada de máscara até a cor do pó desaparecer totalmente. Mas atenção: aplique com muito cuidado para o pó não entrar nos olhos. 😉

Redação: Redação Viva Linda

http://vivalinda.boticario.com.br/pele/dicas-de-beleza-para-uma-pele-linda-sempre
http://vivalinda.boticario.com.br/pele/cuide-do-seu-rosto-antes-e-depois-da-maquiagem
http://vivalinda.boticario.com.br/pele/dos-20-aos-50-qual-a-idade-certa-para-comecar-a-cuidar-do-rosto
http://vivalinda.boticario.com.br/pele/pele-oleosa-o-que-fazer-saiba-como-cuidar-e-controlar-a-oleosidade-no-rosto
http://vivalinda.boticario.com.br/pele/oleosidade-sob-controle-rosto-sequinho-e-hidratado-no-verao-e-possivel-sim